Menu

Dia 21 de maio

Os maçons Lucas Galdeano e  Reginaldo Gusmão de Albuquerque,, recentemente eleitos para o Grão-Mestrado do Grande Oriente do DF, são diplomados pelo Tribunal Distrital Eleitoral do GODEF, no Templo Nobre da 415 Norte. Em junho, assumirão, sucedendo aos maçons Jafé Torres e Lucas Galdeano, respectivamente. * No Rio, em 2015, é inaugurado o Monumento Símbolo dos Jogos Olímpicos 2016. * A Academia Rio-Grandense de Letras, presidida por Sérgio Augusto Pereira de Borja, faz o panegírico do acadêmico Clóvis Assumpção, pelas palavras de Marília Beatriz Cibilis Becker. * A Associação Nacional de Escritores, a ANE, promove a palestra Mito e Realidade em José J. Veiga, pela professora Vera Lúcia de Oliveira.

* O Hino de Brasília abre uma  polêmica na Câmara Distrital: fruto de decreto e não de consulta pública. A Vice-presidente Lilian Roriz propõe uma consulta popular. São três os hinos conhecidos: o de Neusa França e Geir Campos (adotado por decreto); o Capital da Esperança, do Capitão Furtado e Simão Neto, muito cantado na inauguração de Brasília e bastante executado pelas Bandas em cerimônias; e o Hino de Brasília, composto pelo maestro Eleazar de Carvalho a pedido de JK e executado em  Apoteose, na inauguração de Brasília no dia  21 de abril de 1960.  E mais o hino Exaltação a Brasília, de nossa autoria e música de Moisés dos Santos e Gerson Sidnei.

* Carlos Lacerda, jornalista e político carioca, morre em 1977.* É fundada, em 1978, a Igreja Senhor do Bom Jesus, no Setor O de Ceilândia. * Negros têm cota de 20 por cento em concursos públicos federais, segundo Lei aprovada pelo Senado, em 2014.

* O jornalista e advogado paulista Miguel Reale é recebido, em 1975,  na Academia Brasileira de Letras, onde tem assento  na Cadeira 14. Em 2015,  é ocupada pelo diplomata Celso Lafer, ex-ministro do Exterior.

* Hoje é o Dia da Língua Nacional e Mundial para a Diversidade Cultural. E da cachaça, a mais brasileira de todas as bebidas. * Veneração a São Pedro Aguilar Santos. * Data do nascimento  do escritor americano Harold Robbins (em 1916),  do cientista soviético Andrei Sakharov (em 1921).

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Sala de Imprensa