Menu

Apoio à UPB: uma via de mão dupla

Hoje pela manhã, 19 de janeiro, a ASOF foi convidada a comparecer na Sede da Associação Nacional do Peritos Criminais Federais, com a finalidade de participarmos da reunião sobre a União dos Policiais Brasileiros (UPB).

Inicialmente fizemos uso da palavra informando aos presentes que apoio trata-se de uma via de mão dupla, relembrando que no caso da aposentadoria das Policiais e Bombeiros Militares, ao atingirem 25 anos de serviço, fora deixada fora da legislação que trata do assunto, beneficiando exclusivamente as Policiais Femininas Federais, Rodoviárias Federais e Civis do DF.

Não obstante aos assuntos do passado que nos afetam, passamos a tratar da pauta da manifestação proposta pela UPB para o dia 08 de fevereiro de 2017, onde ficou definido que será uma manifestação apartidária e que a pauta será única e exclusiva sobre o art. 40, parágrafo 4o da CF, onde busca a manutenção do termo "atividade de risco", retirada pela PEC 287.

As diversas entidades presentes na reunião entendem que o assunto deve ser tratado como base das negociações que versam sobre as corporações de Segurança Pública, não deixando de fora as instituições militares!

Retomando a palavra, informamos que o assunto será levado as nossas entidades nacionais, bem como será apresentado ao Fórum de Associações da PM e BM do DF para ser discutido, pois a posição majoritária ainda é a de que por sermos corporações militares nossa legislação é específica, conforme estabelece o art. 42 da CF.

Ratificando que o apoio é um via de mão dupla, buscaremos juntos as instituições sindicais da PCDF, posicionamento sobre o aumento salarial que nossas corporações militares pleiteiam.

Cel Leão
Presidente ASOF

Juntos SOMOS FORTES

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Sala de Imprensa